TIPOS DE ADESIVOS APLICADOS EM SUBSTRATOS UTILIZADOS PELOS CONVERTEDORES DE RÓTULOS E ETIQUETAS AUTOADESIVAS

Thomaz Caspary*

Uma das aplicações mais frequentes na etiquetagem é em caixas de papelão ondulado, o que nos poderia levar a pensar que, colar uma etiqueta ou rótulo numa caixa de papelão está isento de problemas.

A verdade é que há variáveis como: tipo de papelão, umidade, temperatura de aplicação da etiqueta, etc. que fazem com que a probabilidade da etiqueta não colar ou se desprender após algum tempo seja enorme.

Isto leva-nos a uma conclusão desde logo: até as aplicações mais comuns podem ter necessidade de um adesivo com características específicas.

Acrílico, Hot Melt, Borracha, Permanente, Superpermanente, Removível, para Congelados, são apenas alguns dos tipos ou características dos adesivos utilizados nas etiquetas autoadesivas. Alguns desenvolvidos para aplicações muito especificas. Vejamos os mais comuns:

ADESIVO ACRÍLICO PERMANENTE

É o adesivo mais comum, utilizado para etiquetagem de uma vasta gama de produtos com superfícies pouco rugosas, sem humidade e que sejam submetidas a temperaturas que variem entre -10ºC e +70ºC aproximadamente.

ADESIVO ACRÍLICO EXTRA-PERMANENTE

É um tipo de adesivo indicado para superfícies difíceis, como por exemplo, rugosas ou onduladas. Têm uma aderência inicial (tack) elevada e funcionam bem a baixas temperaturas, até -20ºC. Excelente comportamento para etiquetar caixas de cartão muito rugosas, entre outras diversas superfícies.

COLA ACRÍLICA REMOVÍVEL

É também um adesivo acrílico, á base d’água, para aplicações onde se faz necessário remover a etiqueta com facilidade e sem deixar resíduos no produto onde foi aplicado. Ideal para etiquetar vidros, utensílios de cozinha e outros utensílios domésticos entre  muitos outros.

COLA HOT-MELT SUPERPERMANENTE

Sendo um adesivo com base numa resina sintética, funciona bem numa grande variedade de superfícies, mesmo polímeros, caso de alguns plásticos como o polietileno e polipropileno. Têm uma aderência inicial elevada.

COLA HOT-MELT PARA CONGELADOS

Desenvolvidos para serem aplicados numa grande variedade de superfícies e que venham a ser submetidos a temperaturas muito baixas, até 40º negativos.

Podemos dizer que estes 5 tipos de cola cobrem mais de 80% das aplicações do mercado. Para os restantes 20% de aplicações, estão disponíveis algumas dezenas de outros adesivos, com características únicas e para aplicações também elas muito particulares.

Algumas dessas aplicações como, por exemplo, rótulos e etiquetas para pneus, certos tipos de tecidos, superfícies de metal, ou mesmo para adesivar aviões na parte externa (Temperaturas entre -50ºC e + 60ºC) ou ainda para uso Hospitalar entre tantas outras exigem que a cola da etiqueta autoadesiva tenha características que façam com que seu desempenho satisfaça as necessidades particulares de cada utilização.

De uma coisa você caro leitor, pode estar certo: Há sempre uma cola apropriada para cada finalidade da etiqueta autoadesiva.

Não importa para onde você olha. Você vai encontrar etiquetas, rótulos e outros produtos autoadesivos, como por exemplo: bandagens, adesivos automotivos, rótulos transparentes (no label look) etiquetas para baterias. Você poderá atender uma enorme gama de nichos de mercado. Inovações colocam você em novos mercados como Soluções Médicas, Sensores de Monitoramento, Etiquetas RFID, Soluções Gráficas e Refletivas para Identidade visual, Sinalização de trânsito, inclusive com produtos refletivos, Envelopamento de Veículos, etc.

Poderíamos tecer ainda diversos comentários, porém este Post não teria fim. Esperamos ter iluminado os profissionais de venda deste mercado, com algumas ideias, para colocar em prática neste momento onde as vendas estão fracas e a concorrência sempre atuante.

*Thomaz Caspary é consultor de empresas, Coach e diretor da Printconsult Ltda. – tcaspary@uol.com.br – (11) 3167-6939.